Buscar

Festival Giacometti em Ferreira do Alentejo


Entre os dias 1 e 3 de Junho, terá lugar em Ferreira do Alentejo o Festival Giacometti, um evento preparado pelo município que pretende privilegiar as músicas e culturas de raiz popular.

Este novo festival com periodicidade anual terá uma programação diversa nas áreas da música, gastronomia, arte, antropologia e cinema, e pretende "acolher para si desafios culturais" ao apostar num cartaz de várias expressões contemporâneas nacionais e internacionais, "fazendo coabitar tradição e criatividade".

A Câmara Municipal pretende assim homenagear Michel Giacometti, uma personalidade que, apesar de natural da Córsega, fez um trabalho de recolha e investigação notáveis em prol da Cultura Popular - literatura - oral, música, dança e medicina tradicional. Existe uma ligação forte de Michel Giacometti a Ferreira do Alentejo onde, em 1968, fez várias recolhas relacionadas com o "cante" em Peroguarda, Ferreira, e Figueira dos Cavaleiros. Os laços profundos que estabeleceu com a comunidade local, nomeadamente com Peroguarda, onde criou diferentes amizades, levam-no a escolher a pequena e branca aldeia como a sua ultima habitação.

Segundo a autarquia, “o Festival Giacometti pretende tornar-se um eixo importante no panorama cultural português e em simultâneo contribuir positivamente para o debate social e ambiental no mundo”.

A Curadora Artística do Festival Giacometti, Helena Inverno, explica que a iniciativa pretende não só “cuidar das raízes” como “lançar rebentos”, defendendo a coabitação entre a “tradição” e a “criatividade inovadora” num Festival que tem como países convidados o Brasil e Espanha.

Da programação do festival, na área da música, destacam-se concertos da cantora espanhola Rosalía Mowgli, do Grupo Folclórico de Pauliteiros de Cércio de Miranda do Douro e do cantor e tocador de viola campaniça Pedro Mestre e sessões dos DJ Rita Só, 4lquimia e KennyStones.

Na área do cinema, o festival vai incluir exibições dos filmes "O descanso na intensidade das cores", "Povo que canta, alguns episódios" e "Fonko".

Um desfile de mais de 450 crianças do concelho com esquilas artesanais, deambulações pelas ruas do grupo Os Chocalheiros de Vila Verde de Ficalho, exposições, oficinas, palestras, mercado e concurso de popias, gaspacho popular, degustação de cervejas artesanais do Baixo Alentejo e largada de pombos são outras iniciativas do festival.

Consulte o programa completo aqui.


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.