Em tempos de pandemia, que perfil para um Director-Geral do Património Cultural?

Debate

 

28 de Maio, quinta-feira | 16h00

Plataforma Zoom

 

Convidados:

Maria Isabel Roque, Historiadora e Professora na Universidade Europeia e na Universidade Católica Portuguesa

Nuno Vassallo e Silva, Museólogo e ex-Director-Geral do Património Cultural

Moderação:

Catarina Valença Gonçalves, Directora-geral da Spira – revitalização patrimonial

Nos tempos de crise que vivemos, e possivelmente mais do que nunca, o cargo de Director-geral do Património Cultural exige um perfil muito singular que efectivamente  defina e implemente estratégias consequentes e forçosamente inovadoras na área do património cultural para os longos meses que todos temos pela frente.

Olhamos assim para a nova realidade criada com a pandemia para reflectir sobre os atributos necessários no perfil do profissional detentor deste cargo, na sua eventual imperiosidade de actualização e domínio – por si mesmo ou através de equipa direcção complementar – de conhecimentos específicos na área da gestão, do marketing, da comunicação; na capacidade de utilização da tecnologia como forma de interacção com os visitantes virtuais ou reais; nas possibilidades ilimitadas de democratização do diálogo e da visita criadas com a recente pandemia.

O que nos diz a Lei sobre este cargo? O que nos dizem os 46 anos de democracia sobre os perfis escolhidos até ao presente? O que nos diz a prática nacional e internacional sobre cargos similares?


Com a participação também de alguns dos colunistas da patrimonio.pt, convidamos todos os interessados por este tema a juntarem-se aos profissionais actuantes na área do Património Cultural para um debate alargado, livre, construtivo e profícuo.

O Debate é de participação aberta e livre e será transmitido em directo nas páginas Facebook e Youtube patrimonio.pt.

Dia 28 de Maio, quinta-feira, às 16H, na plataforma Zoom: 

https://zoom.us/j/94840401194?pwd=REdZLzQrOGt4aktuNElnK200MXNNUT09

ID da reunião: 948 4040 1194
Senha: patrimonio

Para mais informações, contacte arv@spira.pt.

EVENTO FACEBOOK

CARTAZ

MARIA ISABEL ROQUE
 

Doutorada em História, com especialização em Museologia, pela Universidade Lusíada. Lecciona História da Arte na Universidade Europeia, desde 2007, e Museologia e Património, na Universidade Católica Portuguesa. É investigadora integrada no CIDEHUS-Universidade de Évora. Integrou os comissariados das exposições Encontro de Culturas (Lisboa, 1994; Vaticano, 1996), Fons vitae (Pavilhão da Santa Sé na Expo’98) e 500 anos das Misericórdias Portuguesas (Lisboa, 2000). Integrou o grupo de trabalho para a versão portuguesa do projecto internacional Thesaurus: vocabulário de objectos do culto católico. É autora dos livros Altar cristão (Universidade Lusíada, 2004) e O sagrado no museu (Universidade Católica, 2011), além de artigos no âmbito da história da arte, da museologia e da comunicação patrimonial. Edita o blogue a.muse.arte.

NUNO VASSALLO E SILVA
 

Doutorado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e graduado pelo Museum Leadership Institut do Getty Leadership Institute, é Director-adjunto da Fundação Calouste Gulbenkian. Anteriormente, exerceu funções de Conservador do Museu de S. Roque, de Director-Geral do Património Cultural e Secretário de Estado da Cultura do XX Governo Constitucional. Académico-correspondente da Academia Portuguesa da História, é investigador do Instituto de Arqueologia e Paleociências da Universidade Nova de Lisboa. Autor de diversos estudos e livros, foi também comissário de várias exposições em Portugal e no estrangeiro.

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.