SOFIA COSTA MACEDO

Nasceu em Junho de 1972, em Oeiras, onde ainda hoje reside. Casada e com três filhos, a profissão que melhor a define é a de “patrimonióloga”.

Licenciada em Arqueologia pela Universidade de Lisboa e Doutorada em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE-IUL, desenvolvendo um trabalho sobre as Associações de Defesa do Património em Portugal.   

O seu percurso profissional começou na Arqueologia, com a participação em várias intervenções arqueológicas (Estudos de Impacto Ambiental, Prospecções, Escavações Arqueológicas, Projectos de Valorização Arqueológica e Patrimonial). Mais tarde esteve ligada à Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos onde colaborou no desenvolvimento de projectos culturais de património e na gestão de património. A passagem da Arqueologia para o Património Cultural foi, assim, um processo natural e nesta vertente desenvolveu trabalho no turismo patrimonial e na gestão do património. É, actualmente, Heritage Manager do Palácio dos Condes de Anadia em Mangualde.

No contexto académico lecciona unidades curriculares do domínio do Património Cultural em mestrado e licenciatura no ISCTE-IUL onde é Professora Auxiliar Convidada; Investigadora Associada do CIES-IUL e membro da equipa do OPAC- Observatório Português das Actividades Culturais. É ainda Investigadora Colaboradora do IHC (UNL). Nesta condição tem publicado artigos sobre Património Cultural, Associações de Defesa de Património e Estudos de História Contemporânea.

Membro da Comissão Organizadora do Fórum do Património, bem como de um conjunto de entidades de natureza associativa que operam no contexto do património. O novo projecto associativo passa pela Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial, tendo assumido o cargo de Secretária da Direcção, partindo da convicção que o Património Somos Nós.

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.