Buscar

A primeira volta ao Mundo


"reconhecer o papel, passado e presente, de Portugal e dos portugueses para a promoção do conhecimento, do diálogo intercultural e da sustentabilidade do planeta, contribuindo para uma sociedade mais justa, inclusiva e com maior bem-estar.” Estrutura de Missão das Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação

A candidatura da Rota de Magalhães a Património Cultural da Humanidade da UNESCO está a ser desenvolvida pela Rede Mundial das Cidades Magalhânicas com a colaboração da Rede Mundial das Universidades Magalhânicas. Por isso, são vários os países que estão envolvidos neste projeto, nomeadamente, Portugal, Espanha, Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Filipinas, Indonésia e Cabo Verde.

Destaque para o pioneirismo da Rota de Magalhães promovida como a primeira rota turística a nível mundial, e que conta obter o reconhecimento da Organização Mundial de Turismo.

O programa das Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação do navegador português Fernão de Magalhães contempla iniciativas que começam no segundo semestre deste ano e que decorrem até 2022.

Fontes: Diário de Notícias


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.