Buscar

O Sacro-Monte de Braga


“Trata-se de um exemplo notável de sacralização da paisagem num projeto que tira partido dos elementos naturais presentes no lugar (relevo, vegetação, rochas, disponibilidade de água), para a implementação de um programa religioso de elevada complexidade formal e simbólica.” Bom Jesus do Monte - Estudos Prévios – Relatório final da candidatura

A peregrinação ao local do Bom Jesus do Monte ocorre desde a Idade Média, não havendo mais então do que uma pequena ermida ali erguida. Ao longo dos séculos, a ermida foi sofrendo intervenções de ampliação e reconstrução, até chegar à dimensão atual.

Com a candidatura do Santuário do Bom Jesus do Monte a Património Mundial pretende-se garantir a protecção e valorização de todo o conjunto, tanto na sua dimensão arquitectónica como paisagística, de forma a abranger todo o sacro-monte: de facto, a edificação teve como base um programa onde se pretendia conseguir um cenário articulado e integrado com a natureza.

A candidatura foi submetida no site da UNESCO a 31 de Janeiro de 2018.

Fontes: Jornal O Minho, Diocese Braga


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.