Buscar

Bussaco, a Mata Encatada


“A Mata do Bussaco não se descreve, o melhor é perder-nos nela”. José Saramago

O bem proposto integra mais de cem hectares de património natural mas também, património edificado. Foi com grande satisfação que os promotores da futura candidatura a Património Mundial deste bem- a autarquia da Mealhada e a Fundação da Mata do Bussaco- receberam a notícia, no ano passado, de que o conjunto do Palace Hotel do Bussaco e mata envolvente, incluindo as capelas e ermidas, Cruz Alta e Convento de Santa Cruz, foi classificado como Património Nacional.

Comparando com casos que têm características idênticas como, Sintra, Porto, Alto Douro Vinhateiro e Guimarães a Fundação Mata do Bussaco, conta com um crescimento significativo de visitantes se o conjunto for reconhecido como Património Mundial. Este contribuiria para a sustentabilidade financeira que possibilitaria o cumprimento do objetivo de preservação e valorização da mata.

Nas palavras de António Gravato, responsável atual da fundação, este é um “verdadeiro museu biológico”! Que tal uma visita?

Reveja a nossa publicação sobre o tema: http://www.patrimonio.pt/single-post/2018/05/11/Deserto-dos-Carmelitas-Descal%C3%A7os-e-Conjunto-Edificado-do-Palace-Hotel-no-Bussaco-1

Fontes: Público, Fundação Mata do Bussaco


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.