Buscar

Prémio Valmor e Municipal de Arquitectura de 2014


No segundo artigo dedicado ao Prémio Valmor e Municipal de Arquitectura, damos a conhecer o vencedor de 2014 - projecto de alteração do Banco de Portugal - Museu do Dinheiro, localizado no Largo de São Julião e da autoria dos Arquitectos Gonçalo Byrne e João Pedro Falcão de Campos e promovido pelo Banco de Portugal.

Foi em 2007 que o Banco de Portugal tomou a decisão para a reabilitação e restauro da Igreja de São Julião, sede da instituição bancária, considerando as necessidades de reabilitação geral do edifício e a pretensão da instalar no espaço o Museu do Dinheiro.

No espaço da antiga Igreja de São Julião, um claro eixo longitudinal proposto pela nave central, estrutura e prolonga o edifício, desenvolvendo-se o Museu do Dinheiro a partir desse eixo, com os diferentes núcleos distribuídos pelas naves laterais, em quatro pisos distintos. Toda a área da nave central da antiga igreja foi preparada para acolher exposições temporárias e outras iniciativas inseridas no âmbito da programação do Museu.

O Museu do Dinheiro, tal como o nome indica, apresenta o tema do dinheiro, a sua história e a sua relação com as sociedades e com o indivíduo, apresentando as colecções de numismática e notafilia do Banco. Ao visitante, é oferecida uma experiência marcadamente interactiva, através de uma museografia não convencional, assente em tecnologia inovadora da autoria do designer de comunicação Francisco Providência.

No decurso das obras, foi identificado no subsolo do edifício um troço significativo da muralha de D. Dinis, classificada como Monumento Nacional, e então integrada na exposição no núcleo de interpretação, assegurando assim a sua salvaguarda, valorização, divulgação e exposição.

Importa ainda destacar a colaboração da artista plástica Fernanda Fragateiro que criou as cortinas em seda pura que delimitam o espaço da igreja e corrigem a sua acústica.

Veja o video da obra de reabilitação e restauro da autoria do Museu do Dinheiro:

Imagens: A cidade na Ponta dos Dedos

#ARQUITECTURA #PRÉMIOS #REABILITAÇÃO #RESTAURO

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.