Untitled-1-01-01.png

Conversas de Património: 4 conversas sobre Gestão do Património em Portugal

22 Junho, 17h00
Lino Tavares Dias 
A Importância da Formação Profissional em Património Cultural

Moderador Convidado: Andreia Dias

Depois de umas décadas de 80 e 90 florescentes com várias escolas profissionais na área do património cultural, a formação profissional neste domínio, em Portugal, é hoje praticamente inexistente. Pode Portugal - um país onde o ensino profissional é, em tantos territórios e sobretudo no interior, a única opção de continuidade de estudo para tantos jovens - desperdiçar um activo estratégico equitativamente distribuído como é o caso do património cultural?

 

Lino Tavares Dias, criador da Escola Profissional de Arqueologia de Marco de Canavezes, em conversa com Andreia Dias, do serviço educativo da Fundação Gulbenkian, elucida-nos sobre o que foi feito, o que deveria ter sido e o que ainda está ao nosso alcance fazer para criarmos técnicos de património cultural de forma transversal a todo o país. Catarina Valença Gonçalves, directora do Programa Avançado de Gestão do Património Cultural e da Spira – é a anfitriã desta conversa.​

A Conversa decorre em formato webinar e será transmitida em acesso aberto no canal YouTube da patrimonio.pt.

Inscrições AQUI.

Lino Tavares Dias.jpg
andreia dias.jpg

 

Lino Tavares Dias

Licenciado em História, Doutorado e Agregado em Arqueologia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Arqueólogo, Investigador no Centro de Investigação da Faculdade de Arquitetura e no CITCEM/Faculdade de Letras da Universidade do Porto sobre a Construção da Paisagem Antiga na Bacia do Douro. Professor e Presidente do Instituto Superior Politécnico de Gaya e Professor do Curso de Estudos Avançados em Património Arquitectónico da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Como arqueólogo do Ministério da Cultura (de 1980 a 2013) foi coordenador da Investigação de Tongobriga. Foi fundador, em 1990, e director da Escola Profissional de Arqueologia. Foi professor no Curso de Doutoramento em Património Cultural na Universidade Católica, Porto; Foi Director Regional do Norte do Património Cultural do Ministério da Cultura (de 1998 a 2006), depois de ter sido Director Regional de Arqueologia (de 1988 a 1992).

Andreia Dias

Colunista na patrimonio.pt desde 2018. É actualmente responsável pelas áreas de Educação para Escolas e outras Instituições Educativas e de Crianças e Famílias, do Serviço Educativo do Museu Calouste Gulbenkian. Formou-se em Belas Artes - Pintura da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, tem pós-graduação em Ensino de Artes Visuais pelo Instituto de Educação e Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e é atualmente doutoranda em Educação Artística pelo Instituto de Educação em conjunto com a FBAUL e FBAUP. Os seus estudos também incluem Dança, Design Gráfico e Formação Pedagógica. Tem participado em diversas conferências, com vários artigos publicados, e colabora como investigadora no CIEBA – Centro de Estudos e de Investigação em Belas-Artes desde 2018.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.