Untitled-1-01-01.png

Conversas de Património: 4 conversas sobre Gestão do Património em Portugal

1 Junho, 17h00
Vítor Cóias e Silva 

Reabilitação Urbana e Património Cultural: preocupações comuns
Moderador Convidado: André de Soure Dores

Há 20 anos, em Portugal, falar e defender a reabilitação urbana vs a nova construção era classificado - na melhor das possibilidades - de utópico. Mas a  incontornabilidade do futuro impôs-se e, hoje, a reabilitação urbana é uma marca da política urbanística do nosso país. Teremos nós feito acompanhar o surgimento desta nova forma de abordar o património edificado da formação, credenciação e fiscalização necessárias?

 

Vítor Cóias e Silva, premiado com a Medalha Richard H. Driehaus para a Preservação do Património em 2020, defendeu a reabilitação urbana em Portugal muito antes de esta ser uma realidade. Caberá a André de Soure Dores questionar este engenheiro de estruturas sobre as oportunidades, os dilemas e as perspectivas futuras da reabilitação urbana de património cultural em Portugal. Catarina Valença Gonçalves, directora do Programa Avançado de Gestão do Património Cultural e da Spira – é a anfitriã desta conversa.​

A Conversa decorre em formato webinar (inscrições aqui) e será transmitida em acesso aberto no canal YouTube da patrimonio.pt.

vcs.jpg
André_de_Soure_Dores_copy_copy.jpg

 

Vítor Cóias e Silva

Engenheiro civil, membro sénior, especialista em estruturas e ex-membro da Assembleia de Representantes da Ordem dos Engenheiros. A partir de 1980 fundou três empresas que executam ou colaboram em intervenções de reabilitação, constituindo uma equipa de cerca de cem pessoas. Entre 2010 e 2015 cedeu a sua posição a colaboradores mais novos, continuando as empresas em laboração até à presente data. Fundou e foi o primeiro presidente do GECoRPA - Grémio do Património, uma associação de empresas, profissionais e cidadãos, dedicada à área da reabilitação do edificado e do Património. Fundou e foi o diretor até 2020 da revista “Pedra & Cal”, que se publica sem interrupção desde 1998. Faz parte da comissão coordenadora da iniciativa “Fórum do Património”, cuja “Declaração Final” é atualmente subscrita por mais de cinquenta ONG do Património. É membro do Conselho Consultivo do ICOMOS Portugal. Tem três livros e várias dezenas de comunicações e artigos publicados sobre temas relacionados com a reabilitação do edificado e do Património.

André de Soure Dores

Colunista na patrimonio.pt desde 2018. Historiador e Museólogo. Membro individual do ICOM e do seu comité internacional DEMHIST (Casas Históricas). Exerceu actividade profissional desempenhando as funções de técnico de apoio científico no Palácio Nacional da Ajuda/Museu, de assessoria à presidência da Fundação para a Ciência e a Tecnologia na área da cultura científica e tecnológica, de técnico superior (conservador) do Palácio Nacional da Pena, de assessor da Assembleia da República, contando-se estas experiências profissionais entre as mais relevantes. Vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral do Grupo dos Amigos do Palácio Nacional da Ajuda.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.