VI edição do Fórum do Património 2022



A sexta edição do Fórum do Património, vai realizar-se em Estremoz, no próximo dia 1 de Outubro, num contexto de forte e prolongada pressão da promoção imobiliária e turística sobre o património cultural construído do nosso país.


Localmente, o activismo patrimonial desenvolve-se sobretudo através das organizações de cidadãos presentes no terreno. Há, no entanto, vantagens óbvias no diálogo, no intercâmbio de experiências e na partilha de resultados.

Em contrapartida, a eficácia da acção das ONG do património a nível nacional apela à unidade em torno de uma visão e de uma estratégia comuns.


O Fórum do Património, uma organização informal das cinquenta ONG que subscreveram a Declaração Final de 2017, visa, portanto, aqueles dois objectivos, promovendo, para tal, um encontro anual de ONG do património.


Ao longo do ano, a Comissão Coordenadora do Fórum do Património procura estimular a colaboração entre ONG na sua acção em casos concretos, apoiando-as em âmbitos específicos – urbanístico, arquitetónico, construtivo, jurídico. Procura-se, deste modo, tirar o máximo partido das possibilidades que, em Portugal, a Constituição e a Lei proporcionam, aos cidadãos e às suas associações, para agirem quando a pressão imobiliária e turística constitui uma ameaça ao património cultural construído.


A organização do Fórum do Património de 2022, sob o tema geral “PATRIMÓNIO E PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA”, está a ser pilotada por ONG alentejanas, com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz e do ICOMOS-Portugal.


Estão presentemente inscritas 20 ONG do património, originárias de diversos pontos do país.


#forumdopatrimónio #patrimonio #alentejo #estremoz

logolettpreto.png