Buscar

Descoberto o astrolábio "mais antigo do mundo", e é português


Foi encontrado entre os destroços do navio Esmeralda aquele que agora se considera o mais antigo astrolábio do mundo. O instrumento de orientação foi utilizado pela armada portuguesa na segunda viagem de Vasco da Gama à Índia. Arqueólogos britânicos recuperaram o objecto junto à costa de Omã, no fundo do Mar Arábico.

O Esmeralda naufragou em 1503, numa tempestade que matou todos os tripulantes, tendo já sido recuperadas várias preciosidades arqueológicas do navio, incluindo sinos, canhões e discos de cobre com a marca da família real portuguesa. Foi nos destroços do Esmeralda que foi encontrado, em 2013, o segundo exemplar conhecido da moeda de prata criada por D. Manuel especificamente para o comércio com a Índia.

Acredita-se que o astrolábio Sodré, como é chamado este tipo, terá sido fabricado entre 1496 e 1501 e é único em comparação com todos os outros astrolábios encontrados no fundo do mar.

Nas últimas décadas do século XV, os astrolábios foram utilizados para a navegação durante as mais importantes explorações, incluindo as de Cristóvão Colombo e Vasco da Gama.

VIDEO da descoberta arqueológica

Fonte e Fotos: ABC

#PATRIMONIO #ARQUEOLOGIASUBAQUÁTICA #ARQUEOLOGIA #HISTÓRIA

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.