Buscar

Jardim Botânico do Palácio de Queluz vence prémio Europa Nostra


Os vencedores do Prémio da União Europeia para o Património Cultural / Prémios Europa Nostra 2018, o mais importante prémio europeu no domínio do património, foram anunciados pela Comissão Europeia e pela Europa Nostra, a principal organização europeia do património representada em Portugal pelo Centro Nacional de Cultura.

Um total de 160 candidaturas, apresentadas por organizações e particulares de mais de 31 países europeus, foram avaliadas por júris de especialistas independentes, sendo que os 29 vencedores de 17 países foram reconhecidos pelas suas realizações notáveis nos domínios da conservação, investigação, serviço dedicado e educação, formação e sensibilização.

Os Prémios deste ano dão particular ênfase ao valor acrescentado gerado pelos projectos no âmbito do património, como forma de contribuição para o Ano Europeu do Património Cultural “O património cultural, em todas as suas diferentes formas, é um dos bens mais preciosos da Europa. Cria pontes entre as pessoas e as comunidades, assim como entre o passado e o futuro. É fundamental para a nossa identidade enquanto europeus e tem um papel vital no desenvolvimento económico e social." afirmou Tibor Navracsics, Comissário Europeu para a Educação, Cultura, Juventude e Desporto.

A reabilitação do Jardim Botânico do Palácio Nacional de Queluz encontra-se entre os vencedores deste ano, na categoria de conservação. Datado de 1770, este Jardim Botânico sofreu, em 1984, uma cheias que o devastaram, tendo sido reabilitado a partir de 2012. Segundo o júri, "este projecto foi bem-sucedido na redescoberta e recuperação de um jardim que se pensava perdido. Para isso recorreu-se a investigação arqueológica, à análise dos fragmentos restantes do jardim e da documentação existente". Nas obras foram realizadas escavações arqueológicas, foram reconstruídas quatro estufas e restaurados azulejos e elementos em alvenaria.

Os Prémios serão entregues a 22 de Junho, em Berlim, durante a primeira Cimeira Europeia do Património Cultural, numa cerimónia que contará com a presença do Presidente da República Federal da Alemanha, Dr. Frank-Walter Steinmeier, na qualidade de patrono do Ano Europeu do Património Cultural na Alemanha.

Os sete galardoados com o Grande Prémio (cada um dos quais receberá 10 mil euros), bem como o vencedor do Prémio da Escolha do Público, seleccionado entre os projectos vencedores deste ano, serão anunciados durante a cerimónia.

#PATRIMÓNIO #PATRIMÓNIOCULTURAL #PRÉMIOS #PALÁCIODEQUELUZ #CULTURA #JARDIMBOTÃNICO

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.