Buscar

Conheça as nossas sugestões no FEED | IDEIAS de hoje!


No FEED | IDEIAS desta quarta-feira, trazemos-lhe três sugestões em três locais diferentes do país: no Porto a Casa da Música abre as portas com programação gratuita na edição de 2018 da “Casa Aberta”; em Lisboa inaugura a exposição “Reel Time” de Julião Sarmento e no Algarve começa a 1ª edição do O CORPO DE HOJE | Festival de Artes Performativas de Tavira.

Casa Aberta na Casa da Música

De 17 a 21 de Janeiro, a Casa da Música no Porto volta a abrir as portas em mais uma edição da Casa Aberta.

A marcar a abertura oficial do ano da Áustria, durante os próximos dias será possível assistir a ensaios, participar em actividades educativas, ver filmes, ou ainda fazer visitas guiadas ao projecto de Rem Koolhaas, visitando os palcos e bastidores de um edifício onde se respira música e se cultiva a partilha de experiências musicais.

No Programa destaca-se a apresentação do novo albúm de originais The Lazy Faithfull, no Café Casa da Música, enquanto no dia seguinte, o mesmo palco irá receber o tributo a Miles Davis, pelo projecto Miles Davis Legacy.

Pode consultar a programação completa aqui.

Julião Sarmento - Reel Time

A Galeria Cristina Guerra Contemporary Art inaugura amanhã, dia 18 de Janeiro, a exposição “Reel Time” do artista português Julião Sarmento, uma retrospectiva dos seus trabalhos de 1976 a 2011.

“Reel Time” parte do olhar voyeurista característico da obra de Julião, onde o desejo, a sexualidade, o controle e a violência - emocionais e físicos – transparecem através da presença de corpos femininos, explorados numa miríade de formatos e possibilidade que incluem filmes, vídeos e performances, abrangendo um período de quarenta anos da sua carreira artística.

A exposição estará patente até 24 de Fevereiro, na Rua Santo António à Estrela, em Lisboa.

CORPO DE HOJE | Festival de Artes Performativas de Tavira

Começa hoje, 17 de Janeiro, a primeira edição do CORPO DE HOJE | Festival de Artes Performativas de Tavira, que terá lugar no Palácio da Galeria, Convento da Graça e Ermida de Santa Ana até 18 de Fevereiro 2018. O Festival pretende trabalhar numa perspectiva de aproximação da comunidade com os artistas de forma mais directa, através da realização de um ensaio aberto e uma oficina que antecedem a apresentação de cada espectáculo. Os ensaios abertos e oficinas serão denominados de SEM REDE, na qual os artistas abrem o seu processo de criação numa atitude entre o risco e a generosidade. Os espectáculos incluem performance, dança, teatro, teatro do objecto e marionetas e ainda teatro/dança para a infância.

Veja a informação completa aqui.

#IDEIAS #PORTO #ALGARVE #CONCERTOS #EXPOSIÇÃO #FESTIVAL #LISBOA

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.