BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

A actualidade do património cultural em Portugal

Um projecto

© 2020 Spira

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.

Buscar

Muralha do Castelo de Óbidos vai ser requalificada


A muralha do Castelo de Óbidos vai sofrer obras de requalificação, que deverão ter início ainda este trimestre, e cujo investimento deverá totalizar cerca de um milhão de euros.

A intervenção irá contemplar o adarve, caminho no topo da fortificação que tem cerca de um quilómetro de área circulável, sendo o objectivo “a retirada de toda a vegetação que está a contribuir para a desagregação das massas [que sustentam a muralha], a correcção de todo o piso do adarve e a correcção de infiltrações que podem, a prazo, criar problemas sérios”, explicou o autarca Humberto Marques. Irá igualmente ser reforçada toda a sinalética alusiva aos acessos e ao perigo para quem circula no adarve, devido às irregularidades do piso ao longo do percurso estreito, no qual já ocorreram quedas de turistas. As obras vão ainda integrar a requalificação das entradas da Porta da Vila, do Arco de Nossa Senhora da Memória e do pórtico da Igreja de Santa Maria.

A recuperação do espaço foi autorizada pela Direcção-Geral do Tesouro (proprietária daquele património) e obteve o parecer positivo da Direcção-Geral do Património, no âmbito de uma candidatura ao Portugal 2020 — intervenções territoriais integradas, que assegura uma comparticipação de 85% de fundos comunitários.

#REQUALIFICAÇÃO #PATRIMÓNIO