Buscar

Conheça a 2ª edição do Festival APROXIMA-TE!


O Centro Cultural de Belém em Lisboa recebeu a 2ª edição do Festival APROXIMA-TE – Semana da Educação Patrimonial, nos passados dias 23 e 26 de Novembro.

O APROXIMA-TE! É um festival pioneiro que agrega a oferta existente no campo da educação patrimonial e artística, apresentando diferentes expressões e procurando mostrar aos mais novos como o património pode ser divertido, dinâmico e “fixe”.

Durante o certame, várias entidades apresentaram os seus projectos em àreas tão distintas como a cultura, património, história, arqueologia, ciência, comunicação, dança, e dirigindo-se tanto a escolas, como famílias, como ainda profissionais do sector.

Para além da Mostra Expositiva, o Festival contou ainda com uma componente de Programação Cultural integrando mais de 50 actividades para toda a família, incluindo oficinas, ateliers, visitas guiadas, teatro, dança, música e fotografia: foi possível conhecer a história do pão e aprender como este se faz, assistir a concertos e criar instrumentos musicais, fazer entrevistas a profissionais distintos do sector cultural na actividade “Quando for grande quero ser…”, fazer uma oficina de mosaicos ou aprender como trabalham os arqueólogos nas escavações, aprender a história da pintura mural da pré-história ao graffiti, aprender o que é uma fotografia ou como se constrói uma máquina fotográfica entre tantas outras possibilidades.

O festival recebeu ainda três exposições “Pãotrimónio” da autoria da Terras Dentro, “Chocalhos do Alentejo” dos Chocalhos Pardalinho e “A NOSSA ESCOLA” pelo Mundo Património em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa. Esta exposição partiu do projecto APROXIMAR que envolveu 360 alunos de 3º e 4º ano de 15 turmas de escolas distintas e teve como objectivo apresentar às crianças o conceito de património, partindo do que lhes é mais próximo – o Património Escolar: viajando ao passado da sua escola para conhecer as suas origens, chegando ao presente – o que gostam e não gostam na escola de hoje, seguindo em viagem novamente até ao futuro, criando o desenho da escola desse tempo.

No âmbito do evento, decorreu ainda uma Conferência Nacional de Educação Patrimonial “Os miúdos e o Património: oportunidades e desafios” na qual participaram 14 conferencistas de 12 entidades que debateram a relação dos miúdos com o património: pode esta vir a ser tão espontânea quanto a relação com a música? Pode o património surgir como um programa de lazer tão atractivo quanto uma ida ao cinema? Que relações com instrumentos de comunicação direccionados para este público desenvolve o património cultural no nosso país? Foram muitas as perguntas que deram o mote para o muito interessante e participativo debate que teve lugar após cada nova sessão, alimentado pelo público presente, ciente da importância do tema e do imenso trabalho que há a desenvolver neste campo da educação patrimonial.

Veja aqui o vídeo final da edição de 2017


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.