Buscar

OPAC conduz inquérito aos profissionais independentes das Artes e Cultura



Está em curso no Observatório Português das Actividades Culturais (OPAC) o "Inquérito aos Profissionais Independentes das Artes e da Cultura". Este dirige-se a todos os profissionais independentes – que não têm um contrato de emprego a tempo completo com um único empregador – com actividade em Portugal (incluindo Açores e Madeira) de todas as áreas (artes do espectáculo, artes visuais, património, bibliotecas, arquivos, etc.) e de todas as actividades/funções (criação, interpretação, produção, comércio, distribuição, mediação, conservação, etc.), autores, artistas e técnicos. 

O inquérito online visa analisar os impactos da crise a curto e médio prazo, com a produção de indicadores actualizados que permitam caracterizar rigorosamente a situação laboral dos trabalhadores do sector, os equipamentos existentes e as entidades artísticas, de modo a suportar a tomada de decisões estratégicas da área governativa da cultura e informar entidades públicas, privadas e os cidadãos.

São três os objectivos fundamentais: o levantamento e a caracterização dos profissionais independentes do sector; o conhecimento dos impactos da crise pela pandemia Covid-19; e a recolha de propostas para o sector. O questionário insere-se no Estudo Sector Artístico e Cultural em Portugal, apoiado pela DGArtes/Ministério da Cultura, e estará on-line durante o mês de Outubro 2020 em https://bit.ly/3iFwhsu Mais informações em ciencia.iscte-iul.pt


#COVID19 #GESTÃOPATRIMONIAL #ESTUDOS #INQUÉRITOS #OPAC

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.