Buscar

Empreitada de conservação da Citânia de Santa Luzia


Decorre até ao mês de Agosto uma empreitada de conservação da Citânia de Santa Luzia, com um investimento municipal de 100 mil euros. A obra, realizada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo em parceria com a Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN), iniciou no mês de Janeiro e incide na estabilização e restauro das alvenarias dos diferentes sistemas estruturais que constituem a Cidade Velha de Santa Luzia.


A intervenção observa as técnicas construtivas tradicionais, incluindo a colocação de elementos de travamento transversal com a dimensão e o espaçamento determinado em obra. O assentamento será executado sem recurso à utilização de argamassas,  evitando a utilização de elementos de fixação, de forma a constituir um aparelho com as características da alvenaria existente.


Serão utilizadas as unidades de alvenaria existentes no local, prevendo-se a possibilidade de recorrer a unidades existentes em depósito, dentro do perímetro da Cidade Velha, caso seja necessário para colmatar espaços ou proceder a reforços complementares.


A Citânia de Santa Luzia, um dos mais conhecidos castros do Norte do país, está classificada como Monumento Nacional desde 1926 e situa-se no monte com o mesmo nome, sobranceiro à cidade de Viana do Castelo. A estrutura encontra-se aberta ao público desde 1994, integrando-se num conjunto de estações arqueológicas existentes no Norte de Portugal.


Fonte Rádio Alto Minho


#ARQUEOLOGIA #NORTE #CONSERVAÇÃODOPATRIMÓNIO #VIANADOCASTELO

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.