BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Um projecto

© 2020 Spira

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.

Buscar

Balanço Bienal Ibérica de Património Cultural 2019



Loulé recebeu aquela que foi a primeira edição a Sul da Bienal AR&PA – Bienal Ibérica de Património Cultural, que decorreu de 11 a 13 de Outubro. A edição de 2019 foi promovida pela Câmara Municipal de Loulé e co-promovida pela Junta de Castela e Leão, contando com o Alto Patrocínio do Presidente da República e com os apoios destacados da Comissão Nacional da Unesco, da Fundação Millennium BCP, entre outras instituições públicas e privadas e entidades locais. O Reino de Marrocos foi o país convidado.


Os três dias do evento reuniram 75 entidades, com representatividade de vários países (Portugal, Espanha, Marrocos, Itália, Áustria, Brasil, Holanda e Suiça) e todas as regiões de Portugal, com excepção do arquipélago da Madeira. O evento contou ainda com 24 parceiros ao nível local, nacional e internacional.


Com foco no público profissional, a Bienal promoveu vários seminários e apresentações técnicas, que aconteceram no Solar da Música Nova – Guest Country Talks, International Heritage Talks e Jornadas Espanholas –, no Palácio Gama Lobo – Conservation & Restoration Talks e Tourism Talks – e no espaço expositivo – Innovation Point. Estes seminários resultaram em 61 apresentações de especialistas e mais de 300 participantes.


A programação cultural paralela contou com cerca de 33 acções, entre as quais 2 concertos nocturnos, 6 sessões de video-mapping, vários Roteiros e Itinerários promovidos por parceiros do evento (Bairr’arte, Universidade do Algarve e pela Câmara Municipal de Loulé) e 3 exposições.


A Educação Patrimonial realizou 31 acções, entre elas algumas direccionadas para o público escolar, tendo recebido 474 alunos num único dia (21 turmas provenientes de 12 escolas).


Também o programa de Voluntariado se materializou numa parceria com a Escola Secundária de Loulé, tendo participado como Voluntários 43 alunos dos 10º, 11º e 12º anos do curso de Acção Educativa e 17 alunos do 11º e 12º anos do curso de Turismo. Além disso, a organização recebeu ainda inscrições individuais através da plataforma de voluntariado criada para o efeito.


Registaram-se cerca de 10 650 visitantes, entre a zona expositiva, seminários e apresentações técnicas, actividades de Educação e Programação Cultural.


O Inquérito apresentado aos visitantes apresentou uma média de 4,5 (numa escala de 0 a 5) na avaliação global do evento, tendo 100% dos visitantes manifestado interesse em visitar a próxima edição da Bienal Ibérica de Património Cultural.



#BIENALARPA