Buscar

CRIANDO – FORMANDO


Nascida em 2002, a ANIMATEATRO desenvolve-se como estrutura profissional através de áreas tão abrangentes como a criação, formação e programação cultural, no teatro.

É nos dois primeiros focos que reside a sua interação de maior relevância, ambos de cariz pedagógico, tanto a criação como a formação são motores de uma necessidade constante do colher o novo, junto à raiz, é no imberbe que partimos para algo…

CRIANDO, somos chegados ao décimo quinto ano de uma viagem (já adolescente) continuando a chegar ao meio comum, ao espaço físico em que a criança também se desenvolve, a escola. Esta viagem surgiu pela crescente procura de vários docentes, que o teatro fosse junto a eles. Investimos então no mais vetusto projeto da companhia “O Teatro Vai à Escola”, tendo como primeiro propósito o anular da dificuldade que as instituições educativas por todo o país mostram ao deslocar-se, assim somos nós que ainda hoje, e cremos que por muito tempo, lhes chegamos partilhando esta arte num meio por vezes descentralizando, rural, inexistia… colmatando uma lacuna que se fazia sentir.

Desde o berçário até ao 2º ciclo de escolaridade, ano após ano, viajamos com mensagens que aos nossos olhos são pertinentes, que procuram para além do belo e da diversão, munindo a criança de conceitos que lhes servirão num futuro.

Os motes deste ano passam pela desconstrução do medo e a construção da palavra.

Apoiados na informação, movemo-nos no contexto FORMATIVO de longa duração. Por nós, já desde 2004 passaram inúmeras gentes ávidas de experiência, das mais variadas faixas etárias, tendo alguns enveredado por esta profissão, hoje trabalhando nesta arte que nos é tão cara.

Cremos que o teatro é uma das mais importantes artes do coletivo, uma arte socialmente inclusiva, daí não a reconhecermos sem o conceito de equipa, de conjunto, de actores, encenadores, dramaturgos, formadores, produtores, técnicos… São inúmeras as funções que servem para criar um presente com verdade, sempre alicerçados na imaginação, dando, recebendo, brincando seriamente, reinventando o MOMENTO, sempre, mas sempre, COM aquele que nos acolhe, o PÚBLICO.

* O texto foi escrito de acordo com o Novo Acordo Ortográfico.


BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.