Conferência "O Baixo Alentejo dos sécs. XVIII e XIX visto por viajantes estrangeiros"



O Baixo Alentejo dos séculos XVIII e XIX visto por viajantes estrangeiros, um escritor de Albernoa e um político do Monte das Mesas é o título da conferência que será proferida por Carlos Pedro (antropólogo da Direcção Regional de Cultura do Alentejo), dia 30 de Junho, às 21h30.

Esta iniciativa, que terá lugar no Auditório da EDIA, em Beja, insere-se no ciclo de conferências "Terra e Paisagens no Sul", organizado pelo Município de Beja, EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A e Direção Regional de Cultura do Alentejo, com o apoio da Associação de Defesa do Património de Beja e da Universidade Sénior de Beja.

A conferência será transmitida em directo pelo canal do Youtube da empresa EDIA, SA.

Resumo


Nos séculos XVIII e XIX, Portugal foi percorrido por muitos estrangeiros, sobretudo comerciantes, militares e naturalistas. Percorreram o país por razões diferentes, nem todos escreveram sobre o que viram e a maior parte deles não esteve no Baixo Alentejo. Nesta conferência iremos falar sobre os relatos e descrições de alguns destes militares e naturalistas sobre este território e as suas gentes.


A paisagem baixo-alentejana mudou radicalmente entre finais do século XIX e inícios do XX. Sobre esta mudança veremos descrições de Brito Camacho nas suas memórias, e de Manuel Ribeiro, sobretudo na sua obra "Planície Heróica", naturais, respectivamente, do Monte das Mesas em Aljustrel e de Albernoa em Beja e que conheceram muito bem o meio rural sobre que falam.

Iniciativa divulgada em www.cultura-alentejo.pt


#calendario #baixoalentejo #conferencia #drcalentejo #beja #edia

logolettpreto.png