Buscar

A educação como ferramenta na Bienal Ibérica de Património Cultural



A Bienal Ibérica de Património Cultural tem vindo a reforçar a sua oferta de Educação Patrimonial antes, durante e pós os dias do evento: de facto, este é um dos frutos que a Bienal procura deixar nos territórios onde decorre, contando, como habitual, com a experiência da Associação Mundo Património para todo o trabalho levado a cabo neste campo.


No total, a Bienal de 2019 implementou 31 Actividades de educação patrimonial, entre elas acções direccionadas para o público escolar com a participação de cerca de 1500 alunos de Loulé.


Recorde-se que, ao longo do ano lectivo de 2018/2019, todas as crianças do 3º ano do ensino básico do concelho participaram no Projecto “Empreita-te!”, no qual foram convidadas a explorar, através da partilha de saberes com a comunidade sénior, a técnica artesanal ancestral da "empreita", muito característica da região e outrora – na era “pré sacos e garrafas de plástico” – utilizada para o fabrico de diversos recipientes.



Na Bienal, os resultados deste projecto pedagógico de longa duração estiveram expostos no formato exposição e também através de um vídeo, tendo havido um momento dedicado à sua apresentação a todas as crianças e professores envolvidos na iniciativa.


Já com o “Aproxima-te”, todas as escolas de Loulé puderam visitar a Bienal, acreditando que o desvendar dos bastidores do património cultural é um incentivo ao seu consumo por parte dos mais novos e, quem sabe, à escolha desta actividade num futuro não tão longínquo para cada uma dessas crianças. Em regime contínuo e no espaço Aproximar, todos os visitantes mais novos puderam participar em actividades de educação patrimonial.



A Roda da Empreita materializou tudo o que se quis, e logrou, atingir com a programação de Educação Patrimonial da Bienal: aproximar, questionar, experimentar, misturar saberes, vontades, velocidades em espaços abertos, belos, de todos e para todos.



#BIENALARPA #EDUCAÇÃO #SERVIÇOSEDUCATIVOS

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/16

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.