Buscar

Concerto "600 Anos, 600 Músicos" na Madeira


21 Junho | 21h30 | Funchal

“O Gigante”, composto e dirigido pelo Maestro Jorge Salgueiro, reúne, pela primeira vez, todas as Bandas Filarmónicas da Madeira, a Banda Militar e as Orquestras de Sopros do Conservatório e da Direcção de Serviços e Educação Artística da Madeira: 21 formações e aproximadamente 600 músicos.

Este será um dos momentos mais emblemáticos do programa de Comemorações dos 600 Anos do Descobrimento das Ilhas da Madeira e Porto Santo, que este ano se celebram.

1418, é o ano apontado como o ano da descoberta da Ilha do Porto Santo, circunstância ocorrida após uma tempestade em alto mar que desviou da rota uma embarcação que seguia pela costa africana. Gonçalves Zarco e a sua tripulação foram salvos por este pequeno bocado de terra ao qual baptizaram de Porto Santo.

Um ano mais tarde, avistou-se outro bocado de terra, o qual foi designado por Madeira, devido à abundância desta matéria-prima.

Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo são os três navegadores que ali chegaram e ficaram, cada um com a sua capitania. Porto Santo a Bartolomeu Perestrelo, Machico a Tristão Vaz Teixeira e, Funchal a Gonçalves Zarco, isto, alguns anos mais tarde, em 1440, após se ter dado início ao Ciclo do Povoamento, em 1425, por ordem do D. João I.

madeira600.pt

#CONCERTOS #HISTÓRIA #MADEIRA

BIENAL AR&PA 2019

OPINIÃO

1/15

Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia, excepto no caso de artigos de autor, nos quais este/a é livre de optar.