Património.pt

 

Lisbon Week’17 – “Cada Bairro, uma Cidade”

 

25 de Março a 2 de Abril

 

“Cada Bairro, uma Cidade” é o lema da 4.º edição do Lisbon Week e conta-nos a história da freguesia do Lumiar.

 

 

Depois do sucesso da edição anterior na freguesia de Alvalade, espera-se o mesmo impacto na freguesia mais populosa da cidade, Lumiar, apostando na cumplicidade e relação entre as instituições.

 

De 25 de Março a 2 de Abril, o Lisbon Week leva-nos a conhecer as quintas, os palácios, os jardins e os núcleos históricos do Lumiar, passando por um olhar sobre os seus habitantes, através da exposição LUMI e pelo universo artístico e contemporâneo menos conhecido. Procurando reanimar o Museu do Teatro e da Dança, o Museu do Traje e os Estúdios da Tobis através da ligação deste legado cultural com os criativos e artistas contemporâneos.

  

Através do cruzamento de diversas tendências culturais – desde visitas guiadas, passando por concertos, a sessões de debate – o Lisbon Week pretende sensibilizar a população para questões como a sustentabilidade, a educação e a importância do legado cultural.

 

Apesar do evento só começar no dia 25 de Março, as primeiras iniciativas já estão a decorrer, como é o caso do “Toca-me” que consiste na presença de dois pianos nas estações de metro da Quinta das Conchas e de Telheiras para a livre utilização dos passantes. Os visitantes ou passantes na freguesia poderão ainda assistir à elaboração e evolução das obras que vão encher, durante o Lisbon Week, a freguesia do Lumiar.


Para mais informações consultar a página do Lisbon Week.

 

« IDEIAS

 

Share

Comentar


Colunistas

Rubricas diárias +

22 Abr 2017 |

 

 

Abril em Lisboa - 43.º aniversário da Revolução dos Cravos

 

 

EGEAC promove as comemorações do 43.º aniversário da Revolução dos Cravos com um programa que envolve música, debates, workshops, entre outras actividades. 

VER +

 

 

 

 

6ª edição do Concurso Martelinhos de S. João

 

Candidaturas até 12 de Maio

 

A Fundação da Juventude anuncia a 6ª edição do Concurso Martelinhos de S. João. 

VER +

30 Mar 2017 |

 

 

Prémio Acesso Cultura – Linguagem Simples 2017


Na passada quinta-feira, 23 de Março, o Teatro Maria Matos recebeu o prémio Acesso Cultura – Linguagem Simples 2017. 

VER +

 


3ª Edição do Concurso Artes & Talentos – Fundação da Juventude


Candidaturas até 18 de Maio

 

A Fundação da Juventude apresenta a 3ª Edição do Concurso Artes & Talentos para jovens residentes em Portugal. Os projectos premiados serão expostos no Palácio das Artes – Fábrica de Talentos, Porto.

VER +

Veja também +

CARLOS SEZÕES 19 Dez 2012 |


Capital Humano ao serviço do Património

 

Existe lugar para a Cultura e para a Arte num contexto de crise em que as economias ocidentais estão envolvidas? Para que nos servem os bens culturais, no cenário actual? E o imenso património arquitectónico artístico com que fomos abençoados pelas gerações anteriores? As respostas às perguntas anteriores podem ser evidentes para muitas pessoas. Alguns, mais apaixonados pelo tema, defenderão a sua importância incontornável. Outros, ditos pragmáticos e pouco dados a devaneios poéticos, dirão que devemos concentrar os nossos recursos em áreas de impacto social imediato, mais visíveis e (seguramente) mais populares. Na minha óptica, para sermos verdadeiramente objectivos, devemos clarificar qual o papel que queremos que a Cultura desempenhe no contexto das sociedades actuais – para avaliarmos então qual a “compensação” social, quais as metas, qual o impacto que desejamos.

LUÍS RAPOSO, a 29 Nov 2012 |


Interesse Público e Actividades Comerciais em Monumentos e Museus
Em editorial intitulado “Novo SEC, novo OE: o Património no Estado - parte II: políticas”, publicado no site Património.PT (http://www.patrimonio.pt/), aborda Catarina Valença Gonçalves uma questão importante e muito actual em matéria de políticas do património cultural, a saber: a necessidade de definição de “serviço publico”, distinguindo este de “actividades comerciais” que possam ter lugar em monumentos e museus. Trata-se, como digo, de questão relevante e actual e dela me ocupei em intervenção que realizei em Maio passado na sessão organizada pelo ICOM Portugal no Museu Nacional de Arqueologia, durante a 9ª Conferência do EMAC (European Museums Advisors), subordinada ao tema “Commercial entrepreneurism, philantropy and Stat-counters.net

This domain name expired on Feb 06 2017 07:13PM
Click here to renew it.
government subsidy in museums”, tendo como orador principal o Dr. Michael Dixon, Presidente da Conselho dos Directores dos Museus Nacionais do Reino Unido e Director do Museu Nacional de História Natural, de Londres.

Tags +

Videos

Lançamento do livro “A Casa Senhorial em Portugal”

 

"A Casa Senhorial em Portugal" é o resultado de uma encomenda da Associação Portuguesa das Casas Antigas (APCA) ao investigador Hélder Carita - um dos mais notáveis estudiosos e historiadores da Arquitectura Civil Portuguesa -, sobre mais de duzentas casas senhoriais distribuídas pelo território português.

VER +

Fábrica de Chocalhos Pardalinho e a distinção da arte chocalheira como Património Imaterial da Humanidade

 

A patrimonio.pt esteve em Alcáçovas para visitar a Chocalhos Pardalinho: uma fábrica a laborar desde 1913, altura em que treze famílias da freguesia se dedicavam à produção dos chocalhos.

VER +

 

® Spira 2012 | design e implementação: ideia, designers __|__ Conteúdos redigidos de acordo com a antiga ortografia excepto no caso de artigos de autor nos quais os autores são livres de optar.